segunda-feira, 24 de março de 2014

O Centro do Mundo do Livro Infantil

Todos os anos, por esta altura, Bolonha é o centro do mundo, no que ao Livro Infantil diz respeito. É na Fiera del Libro per Ragazzi di Bologna que se juntam profissionais (editores, escritores, ilustradores, tradutores, agentes literários, distribuidores, livreiros, bibliotecários, docentes, etc) dos 5 continentes para traçarem o destino da editoria infantil dos próximos tempos.


País convidado da edição de 2012, Portugal levou a Itália a exposição de ilustração Como as Cerejas, que neste momento pode ser visitada no Centro Cultural de Belém, com oficinas de ilustração orientadas por Danuta Wojchiechowska.

 
Este ano a Feira faz 50 anos e o nosso país estará representado pela DGLAB, que no seu espaço dará destaque à vencedora do último Prémio Nacional de Ilustração, Ana Biscaia, com A cadeira que queria ser sofá, e a uma mostra de livros recentemente editados em Portugal.  Presentes estarão ainda a equipa Planeta Tangerina, bem como as editoras Pato Lógico e Orfeu Mini.

O Brasil será o convidado de honra deste ano.



Um dos elementos mais importantes desta Feira é a Exposição de Ilustração, verdadeira montra de prestígio mundial. Este ano, dos 3190 participantes, foram selecionados 75 artistas. Apenas uma é portuguesa: Catarina Sobral, com as ilustrações de O Meu Avô, editado pela Orfeu Mini.

 
 
Este ano, pela primeira vez, foi também pensado um espaço, o pavilhão 33, com uma programação especialmente concebida para as escolas e famílias.
 
Amanhã, às 11:50 portuguesas, será anunciado online o vencedor do Astrid Lindgren Memorial Award, de que já falei no ano passado. Este ano os candidatos portugueses são António Mota e Planeta Tangerina. A contagem decrescente já começou e o anúncio poderá ser acompanhado através deste link e também na Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha, como já é tradição.


Sem comentários:

Publicar um comentário