quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

As melhores prendas de Natal

Daqui a algumas horas, na manhã de Natal, as crianças abrirão os embrulhos e lá dentro encontrarão, espero, as melhores prendas: as que desfazem estereótipos e preconceitos, as que alargam horizontes, as que estimulam a sua imaginação e criatividade, as que lhes proporcionam brincadeiras infinitas.

Provavelmente, já muitos terão lido as instruções para os pais da autoria da Lego (1973), mas como acho que vale a pena lembrar, deixo aqui a minha tradução:

"Para os pais,
A vontade de criar é forte em todas as crianças. Sejam meninos ou meninas.  O que conta é a imaginação. Não a habilidade. Podes construir o que te vem à cabeça, da maneira que quiseres. Uma cama ou um camião. Uma casa de bonecas ou uma nave espacial. Muitos meninos gostam de casas de bonecas. São mais humanas do que as naves espaciais. Muitas meninas preferem naves espaciais. São mais excitantes do que as casas de bonecas. O mais importante é dar-lhes o material certo e deixar que criem o que quer que as fascina."

Desejo a todos os pais serenidade e sabedoria, para que no sapatinho os seus filhos encontrem não muitos presentes, mas pelo menos uma das melhores prendas que acima referi, e que essa prenda sirva para muitas brincadeiras em família. 

Por exemplo, livros: 




Todos fazemos tudo, de Madalena Matoso
Planeta Tangerina



Um livro-jogo, tipo méli-melo, sem palavras, com detalhes divertidos. Na parte de cima, é apresentada a personagem e o seu contexto espacial e temporal. Na parte de baixo, descobrimos o que está a fazer. O leitor vai construindo as inúmeras histórias possíveis, num mundo em que a raça, o sexo, a idade não constituem limites. 
Editado originalmente pelas Editions Notari, com o título Et porquoi pas toi?, foi vencedor de um concurso lançado pelo município de Genebra (Suíça) com o intuito de sensibilizar para a igualdade entre homens e mulheres. 




Não é uma caixa, de Antoinette Portis
Editorial Presença

Um livro que me recorda a minha infância. Quando uma caixa de papelão era muito mais do que isso! Saltava lá para dentro e passava horas a brincar com ela. Era casa, barco, avião... 
Espreite aqui o link do trailer da edição brasileira: http://youtu.be/2cJkA9h3Hxk







Immagina..., de Norman Messenger
White Stars

Pode descobri-lo aqui: http://youtu.be/bDXyNYdFSqY
Pleno de imagens que se transformam, enigmas, objetos escondidos, este livro garante diversão para toda a família. Convida-nos a não colocar limites à fantasia, deixando que todos construam as suas brincadeiras / leituras sem condicionamentos.


Que o novo ano traga para os nossos filhos um mundo de possibilidades infinitas!

Sem comentários:

Publicar um comentário